3º Tr 2020 Palavra Viva - O que é teologia? Professor

R$4.50

Palavra Viva – 3º trimestre 2020 Alguém por favor pode me explicar O QUE É TEOLOGIA e para que isso serve?    1. Sete bilhões de teólogos Todo mundo faz Teologia Romanos 1.18-32 Objetivos Ao final desta lição, o aluno deverá: a) Compreender a natureza religiosa do ser humano e a revelação geral de Deus nas suas obras; b) Mudar sua percepção da Teologia como algo técnico e irrelevante para entender sua importância espiritual; c) Comprometer-se a aproveitar melhor as oportunidades de compreender as doutrinas cristãs, a começar por este trimestre na Escola Dominical. Professor, neste estudo você vai comunicar que... O conhecimento sobre Deus é fonte de vida e está exposto em todo lugar, mas, por causa do pecado, muitos o ignoram. Saiba por que esta lição é importante Seus alunos são confrontados com a opinião popular de que teologia é algo etéreo, sem contato com a realidade, voltado para “coisas” celestiais que nada têm a ver com a vida diária. A lição de hoje mostra que a teologia é algo que faz parte do dia a dia de todos. Explore o conceito calvinista de sensus divinitatis e semen religionis para mostrar que o ser humano é um ser religioso, criado por Deus e para Deus.   2. Fake News! Os perigos da falsa teologia 1Timóteo 4.1-9 Objetivos Ao final da lição, o aluno deverá: a) Compreender que o engano sobre Deus conduz à perdição dos homens; b) Perceber que o erro doutrinário é algo grave, pois afasta os pecadores do verdadeiro Deus e sua salvação; c) Dedicar-se a buscar a correção doutrinária para a vida cristã. Professor, neste estudo você vai comunicar que... Crer numa mentira sobre o Senhor sempre conduz ao afastamento do Deus verdadeiro e da verdadeira espiritualidade, seja por meio da idolatria ou outra forma de erro. Saiba por que esta lição é importante Seus alunos estão cercados por doutrinas focadas no ser humano e tentativas de uso da religião (especialmente a religião cristã) em favor de interesses políticos. Doutrinas camufladas como “cristãs” estão levando milhares ao abismo. A teologia da prosperidade está ensinando os cristãos a se concentrarem neste mundo como se o céu fosse aqui. Os cristãos então sendo ensinados que o fim principal do homem é ser feliz neste mundo, e a glória de Deus, a comunhão com Deus e a esperança do céu estão ficando para trás. O teísmo aberto tem apresentado aos cristãos um deus pequeno e fraco, que não é onipotente nem onisciente. Isso é a mais revoltante heresia. Grupos políticos estão se esforçando para atrair os evangélicos, adulando-os. Hoje já se discute se Deus é de “direita” ou de “esquerda”, e o ensino bíblico de que Deus é soberano e não aceita ser domesticado nem pela direita, nem pela esquerda, nem pelo centro, nem pelos que são do avesso e nem pelos que são de ponta-cabeça está ficando para trás. Seus alunos precisam aprender a identificar a voz da serpente por trás de tudo isso.   3. Teologia e Revelação O Deus que se revela Hebreus 1.1-5 Objetivos Ao final da lição, o aluno deverá: a) Entender as diferenças entre revelação geral e especial, bem como suas funções na história da redenção; b) Aprofundar sua percepção da revelação divina na natureza criada; c) Valorizar mais a Bíblia como revelação de Deus para sua vida; d) Louvar ao Senhor por persistir em se revelar à humanidade endurecida em seus pecados. Professor, neste estudo você vai comunicar que... A Teologia só é possível porque Deus se revela de um modo geral em suas obras da criação e de um modo especial na redenção de seu povo. Saiba por que esta lição é importante É muito importante que seus alunos saibam que, para os reformados, a única base para a teologia cristã é a revelação de Deus em Cristo, segundo a Escritura, de modo a orientar a interpretação da Bíblia e da criação. Desde sempre o homem tenta usar suas opiniões, desejos e preferências como base para sua teologia. No caso dos cristãos, sempre foi muito comum a pessoa partir de sua opinião pessoal e depois sair buscando um texto bíblico que sirva (ainda que meio “torcidinho”) para confirmar essa opinião. Na verdade, o caminho é o inverso: partimos da revelação de Deus. Se nossas opiniões estiverem diferentes disso, elas precisam mudar. A base nunca muda.   4. Deus, revelação e teologia verdadeiros A fonte da verdade teológica 1Coríntios 2.6-16 Objetivos Ao final da lição, o aluno deverá: a) Compreender a doutrina da criação do homem à imagem de Deus e suas implicações para a doutrina da revelação; b) Compreender a doutrina da inspiração das Escrituras e valorizar mais sua autoridade espiritual; c) Ser capaz de defender a razoabilidade da autoridade bíblica. Professor, neste estudo você vai comunicar que... Na sua providência, Deus zelou para que sua revelação chegasse de maneira fiel e inteligível aos pecadores, por meio das Escrituras Sagradas. Saiba por que esta lição é importante É muito comum vermos a Bíblia ser colocada ao lado de outros livros antigos como um entre muitos do mesmo tipo, com a mesma autoridade religiosa. Seus alunos precisam saber que a Bíblia não é um livro entre muitos outros. Ela é o Livro acima de todos os outros porque tem a autoridade divina. A doutrina da inspiração da Escritura é fundamental para que tenhamos a certeza de que aquilo que a Bíblia diz realmente é o que Deus diz. Seus alunos precisam saber disso.   5. O antigo caminho e os desvios A virtude de permanecer na verdade 2Pedro 2.1-3 Objetivos Ao final da lição, o aluno deverá: a) Conhecer a história e papel dos credos e confissões do cristianismo; b) Reconhecer a importância da formulação das doutrinas centrais para a unidade da igreja, instrução teológica e defesa contra as heresias; c) Abandonar qualquer oposição a credos, confissões e catecismos. Professor, neste estudo você vai comunicar que... Há um centro doutrinário na fé cristã que está bem fixado na história da igreja e que deve ser conhecido e defendido do erro. Saiba por que esta lição é importante É muito comum os evangélicos olharem com desconfiança para credos, confissões e catecismos, por os associarem à Igreja Romana. Isso é um preconceito bobo. Essas ferramentas foram de grande utilidade na história da igreja para mantê-la nos trilhos doutrinários da Escritura. Seus alunos precisam aprender a valorizar os esforços que nossos irmãos fiéis do passado fizeram para manter a pureza doutrinária da igreja.   6. Prazer em conhecê-lo! A busca pelo conhecimento de um Deus pessoal Filipenses 3.4-14 Objetivos Ao final da lição, o aluno deverá: a) Saber que o verdadeiro conhecimento de Deus inclui uma relação pessoal com ele, não só uma aceitação das doutrinas; b) Desejar aprofundar seu relacionamento com Deus; c) Fazer uma autoanálise sobre sua transformação pessoal a partir de seu conhecimento de Deus. Professor, neste estudo você vai comunicar que... O conhecimento de Deus não é uma mera compreensão racional de algumas doutrinas, mas abrange um relacionamento pessoal com o Criador e Redentor, que sempre transforma quem o conhece. Saiba por que esta lição é importante Um cientista pode criar um remédio e jamais ter de tomá-lo. Um engenheiro pode fazer um prédio e não morar nele. Nesse sentido, a teologia é diferente dos demais ramos do conhecimento, porque não é possível ter conhecimento de Deus e não ter comunhão com ele. A teologia trata do conhecimento de Deus, não do conhecimento sobre Deus. Ter conhecimento doutrinário não é suficiente para conhecer Deus. O diabo também tem esse conhecimento (Tg 2.19). Seus alunos precisam ter conhecimento doutrinário e ter comunhão com Deus para que o compromisso deles com o Senhor não se torne frio e sem gosto.   7. Jerusalém e Atenas O papel da razão na Teologia 1Coríntios 2.1-6 Objetivos Ao final da lição, o aluno deverá: a) Rejeitar os extremos do racionalismo (razão somente) e do fideísmo (fé sem racionalidade); b) Rejeitar o caminho fácil da compreensão doutrinária sem devoção nem obediência; c) Assumir a responsabilidade de viver de acordo com o que já conhece da fé cristã; d) Desejar unir seu conhecimento bíblico e teológico a uma submissão humilde ao Senhor. Professor, neste estudo você vai comunicar que... A razão e a fé não são inimigas, mas a razão iluminada e transformada pela fé é de grande utilidade na compreensão e comunicação das verdades reveladas. Saiba por que esta lição é importante A falsa dicotomia entre fé e razão tem sido vista ao longo de toda a história da igreja. A ideia popular é que fé e razão são como água e óleo. Na verdade, não há essa dicotomia. A verdade é sempre a verdade de Deus, onde quer que se encontre. Onde quer que a ciência faça afirmações realmente verdadeiras e legítimas, essas afirmações procedem de Deus, para o bem-estar da raça humana e para a glória do Criador. Não há, porém, harmonia entre fé cristã sadia e ciência capenga, do mesmo modo que não existe harmonia entre fé cristã capenga e ciência sadia. Sempre que os cientistas fazem boa ciência e os teólogos fazem boa teologia, Deus é glorificado e podemos ver os céus proclamando a sua glória.   8. Qual teologia? Unidade e diversidade teológica 1Coríntios 3.9-15 Objetivos Ao final da lição, o aluno deverá: a) Compreender que o papel da Teologia não é o de substituir a Escritura, mas de explicá-la e aplicá-la; b) Perceber que há uma grande variedade teológica, mas que uma teologia sadia é aquela fundamentada diretamente na Escritura Sagrada; c) Conhecer a abrangência dos temas tratados pela Teologia e a variedade de suas abordagens; d) Desejar conhecer melhor a teologia cristã. Professor, neste estudo você vai comunicar que... A Teologia é fruto da reflexão da igreja sobre a revelação inspirada, e, mesmo sujeita a erros, é extremamente importante para fornecer identidade e unidade a cada tradição cristã. Saiba por que esta lição é importante Acredito que todos os seus alunos já perceberam as diferenças existentes entre as várias linhas teológicas da igreja evangélica. Também acredito que já foram confrontados com a ideia de que “no fundo, é tudo uma coisa só”. Bem, na verdade, não é. A Bíblia é uma só, mas mesmo entre aquelas denominações que se reconhecem como irmãs há interpretações diferentes. Seus alunos precisam aprender que essas diferenças fazem parte da nossa caminhada cristã neste mundo e que, no que depender de nós, nosso papel é produzir uma teologia que seja o mais fiel possível ao ensino da Escritura, ou, como disseram os teólogos de Westminster, o mais fiel possível ao Espírito Santo falando na Escritura.   9. Para que Teologia? O labor teológico no decorrer da História Efésios 4.11-14 Objetivo Ao final da lição, o aluno deverá: a) Conhecer um pouco da história da Teologia cristã em alguns momentos cruciais; b) Apreciar os esforços dos mestres cristãos do passado, que nos legaram uma vasta herança doutrinária; c) Dispor-se a responder aos desafios colocados à fé em seu próprio contexto. Professor, neste estudo você vai comunicar que... Durante toda a história da Igreja a Teologia esteve presente, respondendo aos desafios de cada época. Saiba por que esta lição é importante Voltando ao tema da praticidade da teologia na vida diária, seus alunos precisam aprender para que ela serve. Observando o desenvolvimento teológico ao longo da história da igreja cristã, é fácil demonstrar que a teologia serve para defender, definir, corrigir e despertar a fé. Em poucas palavras, serve para orientar nossa fé e conduta no mundo em que vivemos, em nosso próprio contexto social. Os gigantes do passado conseguiram dar respostas satisfatórias às perguntas de sua época. Com o passar do tempo, as perguntas mudam e a teologia tem que se esforçar para dar respostas a elas, sempre baseada na Escritura.   10. Aprecie com moderação Os limites da Teologia Êxodo 33.12-23 Objetivos Ao final desta lição, o aluno deverá: a) Saber que a Teologia é um conhecimento limitado acerca de Deus; b) Reconhecer com humildade que ninguém pode conhecer plenamente o grande Deus; c) Louvar a Deus, o Espírito, por ser o agente da revelação à humanidade. Professor, neste estudo você vai comunicar que... A teologia não é um conhecimento completo de Deus, pois encontra limites claros em Deus, na revelação e no homem. Saiba por que esta lição é importante A teologia é muito importante, mas não é perfeita. Isso não significa que não seja verdadeira. Ela é verdadeira porque é baseada na Escritura. No entanto, não é perfeita porque Deus é incompreensível, porque ele não revelou tudo a respeito de si mesmo nem mesmo na Bíblia e nossa capacidade cognitiva é limitada. No entanto, na Escritura está revelado tudo o que precisamos saber para encontrarmos a salvação e termos comunhão com Deus em Cristo. O reconhecimento dos limites da teologia nos conduz a uma postura   11. Guarda teu pé As armadilhas no caminho teológico Tito 3.4-11 Objetivo Ao final desta lição, o aluno deverá: a) Compreender que a Teologia não é uma atividade isenta de perigos nem imune às tentações; b) Estar prevenido contra teólogos e escolas teológicas que parecem desconectadas da vida comum dos crentes, ou que se dedicam a embates tão especulativos que não parecem ter importância alguma, ou que agem com arrogância para com os leigos; c) Estar alerta contra novidades doutrinárias. Professor, neste estudo você vai comunicar que... O isolamento da igreja, os debates vazios, as novidades doutrinárias e o orgulho são riscos e tentações típicos da Teologia. Saiba por que esta lição é importante O estudo teológico tem seus riscos, todos eles de consequências muito graves para a igreja. Portanto, é fundamental que seus alunos aprendam a avaliar todos os ensinos teológicos à luz da Escritura. É muito comum, especialmente em igrejas personalistas, que o ensino dos pastores seja recebido como certo e nunca avaliado. Isso tem permitido o surgimento e a proliferação de pastores sem limites e doutrinas superficiais ou até mesmo grandes heresias. Isso é errado. O próprio apóstolo Paulo ordena que os crentes da Galácia avaliem seu ensino e o considerem maldito, caso ele pregasse um evangelho diferente do que já havia pregado. Ele também demonstra felicidade ao ver que os crentes de Bereia estavam conferindo na Escritura se o que ele dizia estava certo (At 17.11). Seus alunos precisam aprender a provar se os espíritos são de Deus (1Jo 4.1), para não serem afastados da verdade.   12. Segurança no trabalho (teológico) Não faça teologia sem esses cuidados 1Timóteo 4.10-16 Objetivos Ao final desta lição, o aluno deverá: a) Reconhecer a importância da vida devocional de oração e santificação daqueles que estudam e ensinam; b) Perceber a profunda ligação que deve existir entre a teologia e a igreja; c) Interceder regularmente pelos teólogos de sua igreja e manter comunhão com eles, sejam mestres ou estudantes. Professor, neste estudo você vai comunicar que... A verdadeira Teologia é feita no contexto da oração, adoração, contrição, santificação e comunhão. Saiba por que esta lição é importante Alguns teólogos pensam que não precisam da escola dominical “porque já sabem tudo o que vai ser discutido lá”; não precisam de sermões “porque sabem pregar muito bem e leem Bíblia o dia inteiro”. Por outro lado, muitos cristãos não convidam os teólogos para seus grupos familiares “porque já sabem tudo” e não se esforçam para ter comunhão com eles “para não atrapalhar”. Sempre que acontecem essas coisas ou outras semelhantes, o erro é o mesmo. Nem o teólogo nem os membros da igreja podem perder de vista que os teólogos precisam de oração, adoração, contrição, santificação e comunhão. E tudo isso é promovido, fortalecido e cultivado no meio do povo de Deus.   13. A alegre colheita da teologia O fruto espiritual da teologia 1Timóteo 3.14-16 Objetivos Ao final desta lição, o aluno deverá: a) Perceber a importância espiritual da Teologia na prática da igreja cristã; b) Louvar a Deus e agradecer pela vida de mestres e doutores de todos os tempos, que contribuíram para a elaboração da Teologia cristã; c) Valorizar mais a Teologia. Professor, neste estudo você vai comunicar que... A Teologia produz resultados práticos e espirituais na vida da igreja e dos crentes. Saiba por que esta lição é importante A teologia está presente em todas as áreas e atividades da igreja e da vida cristã. Quando é bem feita, bem fundamentada na Escritura e bem aplicada à vida do povo de Deus, ela produz frutos excelentes, estruturando nosso conhecimento de quem Deus é e de como ele se relaciona conosco, esclarecendo as doutrinas bíblicas do pecado e da graça, ensinando-nos a confiar em Cristo mesmo nos momentos de maior angústia. Enfim, os frutos da teologia são uma igreja saudável e uma vida cristã saudável.
Abrir Chat