Igreja real na cultura digital

Misael Batista do Nascimento

A cultura digital não é neutra e modifica o homem e, por conseguinte, a igreja. Não é mera ferramenta. Altera a concepção que temos das coisas criadas, inclusive de nós mesmos. É reducionista. Em sua transparência, bate de frente com o mistério. Expõe e planifica tudo. Em sua tela plana, só contempla altura e largura, sem profundidade. Seu poder reside no suposto atendimento a seis necessidades humanas.

A cultura digital favorece ou dificulta o discipulado? Os cristãos devem fugir ou funcionar dentro dela? Como as verdades da Bíblia podem e devem ser apresentadas e distribuídas na cultura digital?

Misael Batista do Nascimento é Mestre em Educação, Arte e História da Cultura, pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (2019); Doutor em Ministério pelo Centro Presbiteriano de Pós-Graduação Andrew Jumper (CPAJ), São Paulo, SP e Reformed Theological Seminary (RTS), Jackson, Mississipi (2008); graduado em Teologia pela Escola Superior de Teologia da Universidade Mackenzie (EST — 2006); especialista Lato Sensu em Teologia Prática pela Faculdade Teológica Batista de Brasília (FTBB — 2001) e graduado em Teologia pela mesma FTBB, com concentração em ministério pastoral (1996). É membro do CECEP e do Conselho Editorial da Cultura Cristã. Casado com Mirian e pai de Ana Carolina e Bruna Camila, Misael é pastor da IP de São José do Rio Preto. É autor de Evangelização e Discipulado e Os primeiros passos do discípulo, da Cultura Cristã.

Abrir Chat