Comentários do Antigo Testamento JOEL E OBADIAS

Irvin A. Busenitz

________________________________________________

 

“Não encontrei uma sentença que não estivesse clara: questões controversas que afetam a interpretação são bem tratadas, por exemplo, a questão de saber se os gafanhotos em Joel 2 são literais ou se retrata um exército invasor. O autor defende bem uma data inicial para Joel, embora reconheça a complexidade do assunto e apresente pontos de vista contrários de forma clara e justa.” - Geoffrey Grogan, diretor do Glasgow Bible College

O povo estava enfrentando uma devastadora calamidade e Joel chama a sociedade a se arrepender para que pudessem escapar a esse julgamento e, mais uma vez, desfrutar da misericórdia e do favor de Yahweh. Obadias também se concentra nos aspectos duplos do tema: haverá julgamento e bênção.


Irvin Busenitz é vice-presidente de administração acadêmica e professor de Antigo Testamento no Master’s Seminary, Sun Valley, Califórnia. Tornou-se membro fundador da faculdade e da administração do Master’s Seminary em 1986. De 1974 a 1986, foi membro da escola de Bíblia e Antigo Testamento no Talbot Theological Seminary. Também ministrou cursos de pós-doutoramento no American Institute of Holy Land Studies, em Jerusalém, e publicou artigos em livros, periódicos e revistas.

Abrir Chat