-20%

Muitos em nossa sociedade defendem o suicídio, o suicídio assistido e a eutanásia como respostas aceitáveis diante de problemas físicos e emocionais sem solução. Mas há alternativas a essa "cultura da morte" que sustentam a santidade da vida humana e buscam enfrentar o problema da dor, medo e desespero com dignidade e compaixão. Algumas perguntas respondidas neste volume incluem:


1. Qual é a diferença entre eutanásia ativa e passiva?
2. Eu tenho o "direito de morrer"?
3. Suicídio é pecado imperdoável?
4. Por quê o Dr. Kevorkian não foi condenado?
5. O que fazer se tenho impulsos suicidas?

Abrir Chat